Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Restart

A Restart é um centro de formação profissional que constitui um espaço único de formação, produção e animação cultural em Lisboa.

Workshop de Rigging | 14, 15 e 21 de Maio | Formador : Pedro Martins

 

 

 

PÚBLICO ALVO
Estudantes e profissionais de técnico de
espectáculos da industria de entretenimento.

OBJECTIVOS
A acção de formação de Rigging nível 1 (Rigger estagiário), tem por objectivo enquadrar o formando nas definições de legislação e normas, cuidados básicos, manutenção, identificação dos equipamentos e interpretação da simbologia de rigging no solo.


CONTEÚDOS
Definição de rigging e caracterização do ambiente de trabalho;
Princípios de elevação de cargas e sistemas
seguros de trabalho;
Legislação e Normas Europeias aplicáveis;
Definição de Equipamento de Protecção
Individual Anti‐Quedas (EPI);
Cuidados básicos, manutenção e verificação
elementar do EPI;
Nós para cordas;
Colocação e utilização de EPI;
Rappel com descensor autoblocante e oito;
Progressão em linha de vida vertical e
horizontal;
Montagem de ponto na grid;
Interpretação da simbologia de rigging no
solo;
Montagem de basket no solo;
Montagem de bridle no solo;
Preparação e elevação de motor até up
rigger;
Rebobinar motor (montagem);
Rebobinar motor (desmontagem);
Montagem de linha de truss;
Montagem de basket truss;
Passagem de cablagem.

LINKS
www.paudio.com.pt/files/editions/ed1292518409.pdf

ADMISSÃO
É necessária boa aptidão física.

HORÁRIO
10h às 13h e das 14h às 19h

HORAS
24h

VAGAS
14 Participantes
(mínimo 10)

PREÇO
Inscrição - 50€
Geral + 170 €

| comunidade restart: 20% desconto
| dois workshops: 15% desconto no 2º workshop
| parceiros restart: 10% desconto

(descontos não acumuláveis e aplicáveis apenas ao valor “Geral”)
Pagamento integral até uma semana antes do início

 

FORMADOR | Pedro Martins
Presidente da Associação Portuguesa de Rigging.
Formador e Coordenador de Área de Formação:
Criação de planos de formação, coordenação de equipa de formação, organização logística das acções de formação AERD; Formação em acesso por corda e elevação de pessoas e carga em resgate.
Rigger, Stunt Rigger:
Montagem e suspensão de estruturas e equipamentos em espectáculos;
Idealização e concepção de sistemas de voo em cordame e motorizados para pessoas e cargas; Desempenho de funções de house rigging no Pavilhão Atlântico e Campo Pequeno, com competências de verificação e aprovação de requisitos de segurança de equipamentos e estruturas suspensas.
Evil Angels, rigging. Membro do corpo de Monitores da Comissão de Ensino da Federação Portuguesa de Espeleologia:
Elaboração de planos de formação, organização e participação em acções de formação. Avaliação de candidaturas e pedidos de acreditação. Participação em plenários.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.